voltar
Pesquise sobre nossas escolas, notícias, portais e páginas.
(apague o campo para eliminar a pesquisa.)

Programa Saúde na Escola promove ações voltadas ao combate do mosquito Aedes Aegypti

Por Ítalo Marcos
- 14/05/2019 17:00:00
149 acessos imprimir

 

 

Por Ítalo Marcos

 

O Departamento de Apoio ao Sistema Educacional da Secretaria de Estado da Educação (Dase/Seduc), através da Divisão de Projetos e por meio do Programa Saúde na Escola (PSE), tem participado ativamente do desenvolvimento de atividades voltadas para o controle da disseminação do mosquito Aedes aegypti no território sergipano. Esta ação é considerada obrigatória pelo Programa e envolve toda a comunidade escolar e local, visando prevenir e controlar a disseminação do mosquito Aedes aegypti.

 

O Programa Saúde na Escola (PSE), tendo como público alvo as crianças, jovens e adultos da educação pública brasileira, desenvolve ações a partir da interação entre as Equipes de Saúde da Atenção Básica e Equipes de Educação (Seduc/DRE/escola), no planejamento, execução e monitoramento de ações de prevenção, promoção e avaliação das condições de saúde dos educandos.

 

De acordo com o diretor do Dase, Fábio Leite, a unidade de ensino que firma pacto de adesão tem uma Equipe de Saúde da Atenção Básica de referência para executar conjuntamente as ações. Ao implementar políticas de saúde e educação, a coordenação do PSE na SEDUC proporciona condições de acesso ao conhecimento específico das temáticas vinculadas ao Programa via formação continuada de professores da educação da rede estadual, Semeds e profissionais da saúde, oferendo suporte para o desenvolvimento das ações do PSE nas escolas.

 

"Na rede estadual de ensino, as escolas pactuadas ao PSE têm somado esforços no sentido de educar os estudantes sobre práticas de prevenção e cuidados cotidianos que contribuem fortemente para a prevenção e controle, uma vez que são inúmeros os malefícios provocados pelo mosquito, podendo levar as pessoas contaminadas à morte", explicou.

 

O Aedes aegypti é o mosquito transmissor da dengue, da febre amarela urbana, e do zika vírus, responsável pela microcefalia. No que se refere à dengue, o único modo possível de evitar a transmissão é a eliminação do mosquito transmissor. "A melhor forma de se evitar a dengue é combater os focos de acúmulo de água, locais propícios para a criação do mosquito transmissor da doença. Portanto, educar para o controle e a prevenção constitui-se em tarefa urgente e necessária a ser desenvolvida em nossas escolas, de maneira que estudantes, gestores e demais servidores disseminem o conhecimento adquirido entre os membros da comunidade mais ampla", afirmou Fábio Leite.

 

Cronograma de ações

 

Neste mês de maio, o Programa Saúde na Escola desenvolve ações em unidades de ensino da rede estadual em São Cristóvão, conforme o cronograma abaixo:

 

DATA / HORÁRIO

LOCAL

ATIVIDADE

07/05/19

às 14:00

Colégio Estadual Professora Glorita Portugal

Atividade referente ao combate ao Aedes Aegypti

14/05/19

às 14:00

Colégio Estadual Professora Glorita Portugal

Atividade referente ao combate ao Aedes Aegypti

15/05/19

às 14:00

 

Escola Estadual Professor dos Manoel Passos de Oliveira Tele

Parceria com a Coordenação de Vigilância Ambiental e Sanitária para realizar atividades de combate ao Aedes Aegypti nas Escolas.

22/05/19

às 14:00

 

Escola Estadual Gaspar Lourenço

Parceria com a Coordenação de Vigilância Ambiental e Sanitária para realizar atividades de combate ao Aedes Aegypti nas Escolas.

21/05/19

às 14:00

Colégio Estadual Professora Glorita Portugal

Atividade referente a importância da imunização

28/05/19

às 14:00

Colégio Estadual Professora Glorita Portugal

Atividade referente a importância da imunização