voltar

Pesquise sobre nossas escolas, notícias, portais e páginas.
(apague o campo para eliminar a pesquisa.)

Professores sergipano e gaúcho lançam projeto “Papo de Professor”

Por Ítalo Marcos
- 07/08/2020 08:00:00
309 acessos imprimir

 

"Sou professor, sou tímido e tenho de gravar vídeos, e agora?" será o primeiro tema do bate-papo virtual aberto para toda a categoria

 

O professor Fabiano Oliveira, do Centro de Excelência Dom Luciano Cabral Duarte, em Aracaju, juntamente com o professor Sandro Giovani Pereira Viégas, do Rio Grande do Sul, lançará nesta segunda-feira, 10, o Projeto Papo de Professor - De Norte a Sul do País. A transmissão ao vivo ocorrerá a partir das 20h, na página do Facebook "Café com Professor Viégas", podendo ser acessada por meio do link: https://www.facebook.com/cafecomprofviegas. Após isso, o vídeo da transmissão ficará disponível para ser visto no Instagram do professor Fabiano Oliveira: @proffabianooliveira, e no canal do Youtube "Espaço Enem & Concurso com Fabiano Oliveira". O projeto será dividido por temporadas e acontecerá sempre às segundas-feiras, às 20h.

 

O projeto é destinado a professores de todo o Brasil e tem por objetivo principal promover o encontro de diversas práticas pedagógicas do território brasileiro. O Papo de Professor abordará temas como problemas em sala de aula, vitórias e histórias de sucesso da carreira de professores antes e durante a Pandemia. A primeira conversa virtual entre os dois professores terá como tema "Sou professor, sou tímido e tenho de gravar vídeos, e agora?".

 

Segundo Fabiano Oliveira, essa temática trata do dilema mais comentado por parte dos educadores brasileiros diante das novas metodologias de ensino. "Fizemos esse projeto pensando em provocar o diálogo entre professores de diferentes secretarias, para conversarmos sobre práticas pedagógicas antes, durante e, certamente, após a pandemia.  Esse evento virtual é um quadro que aborda temas relacionados ao comportamento do professor. Conversaremos sobre projetos de sucesso e assuntos polêmicos, como a violência no ambiente escolar, entre outros que passam pelas salas de aula. O foco central é socializar experiências e dialogar com regiões e culturas tão diferentes", explicou Fabiano Oliveira.

 

O professor Viégas também comentou a importância desse diálogo sobre temas pertinentes ao trabalho dos educadores em sala de aula. "Acho que vai ser bem interessante, porque a grande mídia não passa, com muitos detalhes, como estão acontecendo as aulas remotas em outros Estados, e os professores têm essa curiosidade, até para saberem o que pode ser feito ou não", afirmou.

 

O professor Fabiano Oliveira ainda destaca que é importante os educadores que quiserem participar preencherem um questionário de pesquisa, mandando também perguntas ou dando sugestões, através do link: https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLScYmA4Koxh9FWRgMfs93gnfA-OTyErK3uXCIcjU9ILSDh313Q/viewform.